facecodi

domingo, 21 de agosto de 2016

Oração de Libertação a São Miguel Arcanjo

Glorioso São Miguel Arcanjo,
poderoso vencedor das batalhas espirituais,
vinde em auxílio das minhas necessidades
espirituais e temporais.
Afugentai de minha presença todo mal
e todo ataque e ciladas do inimigo.
Com sua poderosa espada de luz,
derrotai toas as forças malignas
e iluminai meus caminhos
com a luz de tua proteção.
Arcanjo Miguel,
do mal: libertai-me;
do inimigo: livrai-me;
das tempestades: socorrei-me;
dos perigos: protegei-me;
das perseguições: salvai-me!
Glorioso São Miguel Arcanjo,
pelo poder celeste a vós conferido,
sê para mim o guerreiro valente
e conduzi-me nos caminhos da paz.

Amém!
 CITAÇÕES RELIGIOSAS A SÃO MIGUEL ARCANJO
Gloriosíssimo Príncipe da milícia Celeste, São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate e na luta contra os principados e as potestades, contra os dirigentes deste mundo de trevas, contra os espíritos malignos, espalhados pelos ares. (E. VI, 12). Vinde em socorro dos homens, que Deus os criou mortais e os fez à imagem da sua própria natureza, resgatando-os por grande preço da tirania do demônio. (Sad. II, I. Cor. VI).
Combatei hoje com o Exército dos Anjos bons o combate do Senhor, assim como outrora lutaste contra Lúcifer, chefe do orgulho, e contra os Anjos Apóstatas; e não prevaleceram nem foi mais encontrado o lugar deles no Céu. Mas foi expulso aquele grande dragão, a antiga serpente, que se chama derrotado e satanás, que seduziu toda orbe; e foi lançado na terra, e seus anjos juntamente com ele (Apoc. 12).
Eis que o inimigo antigo e homicida se ergueu com veemência, transfigurado em anjo da luz, com toda a caterva de espíritos maus, circundou e invadiu toda a terra, para que nela destruísse o nome de Deus e de Seu Cristo, e roubasse as almas destinadas à coroa da glória eterna, e as prostrasse e as perdesse na morte eterna.
O derrotado transvasou, como rio imundíssimo, o veneno de sua iniquidade, os homens. Os seguidores de Lúcifer encheram de amargura a Igreja, Esposa imaculada do Cordeiro; puseram-se em obras para realizar todos os seus ímpios desígnios. Ali onde está constituída a Sede do Beatismo Pedro e Cátedra da Verdade para iluminar os povos, ali querem colocar tronco de abominações da sua impiedade, para que, ferido o pastor, dispersem as ovelhas.
Vinde, pois, General invictíssimo, São Miguel, e dai a vitória ao povo de Deus contra as perversidades espirituais que irrompem.
A Santa Igreja vos venera como seu guarda e protetor, vos glorifica como o defensor contra os anjos decaídos; confiou-vos o Senhor a missão de introduzir na felicidade celeste as almas resgatadas. Rogai, pois, ao Deus da paz, que esmague satanás sob nossos pés, a fim de que ele não mais possa manter cativos os homens e fazer mal á Igreja. Apresentai ao Altíssimo as nossas preces, a fim de que, sem tardar, o Senhor nos faça misericórdia e vós contenhais o derrotado e o lanceis encadeado no abismo, para que não mais seduza as nações (Apoc. 20).


Comentário facebook:




Oração à Nossa Senhora da Assunção



Ó dulcíssima soberana, rainha dos Anjos, bem sabemos que, miseráveis pecadores, não éramos dignos de vos possuir neste vale de lágrimas, mas sabemos que a vossa grandeza não vos faz esquecer a nossa miséria e, no meio de tanta glória, a vossa compaixão, longe de diminuir, aumenta cada vez mais para conosco.Do alto desse trono em que reinais sobre todos os anjos e santos, volvei para nós os vossos olhos misericordiosos; vede a quantas tempestades e mil perigos estaremos, sem cessar, expostos até o fim de nossa vida.Pelos merecimentos de vossa bendita morte, obtende-nos o aumento da fé, da confiança e da santa perseverança na amizade de Deus, para que possamos, um dia, ir beijar os vossos pés e unir as nossas vozes às dos espíritos celestes, para louvar e cantar as vossas glórias eternamente no céu. Assim seja!OREMOS: Deus eterno e todo-poderoso, que elevastes à glória do céu em corpo e alma a imaculada Virgem Maria, Mãe do vosso Filho, dai-nos viver atentos às coisas do alto, a fim de participarmos da sua glória.Por Cristo, Senhor nosso. Amém!


Oração do capítulo 2 do Livro Ágape As Bodas de Caná
Senhor,Eu sei que me conheces e sabes dos meus problemas.Eu sei que me acompanhas mesmo quando eu me perco.Eu sei que quando tudo me falta o Senhor está comigo.Eu sei que Tu me deste uma mãe, Maria.A Tua mãe é a minha mãe.Maria, na simplicidade de sua presença, nunca esteve ausente.Nos momentos em que a angústia atormentava as celebrações da vida, ela soube reconhecer e interceder.Por isso eu peço, ó Mãe, intercede por mim.Quando o vinho acabar, intercede por mim.Quando alguma coisa faltar, intercede por mim.Quando eu me perder, intercede por mim.Quando eu pecar, intercede por mim.Quando eu deixar de amar, intercede por mim.Senhor amado, obrigado pela mãe que nos destes.É mais uma prova de Teu imenso amor.Cuida de nós. Amém!


Mãe de Misericórdia
Roga por nós, santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo!Roga por todas as famílias, santa Mãe de Jesus Cristo, para que comecem em sua casa a verdadeira fraternidade cristã!Roga por pelos filhos e pelos pais, santa Mãe da Igreja, para que imitem os teus exemplos em Nazaré!Roga pelas mães abandonadas, pelas mães sofridas, roga pelos filhos sem família, pelos orfãos sem amor!Roga pelos meeiros, explorados, doentes, desempregados!Roga pelos sem teto, sem pão, sem instrução, sem defesa!Roga pelas crianças que não podem nascer, roga pelos pais que não podem criar seus filhos com decência (passam necessidades básicas, passam fome)!São tantas as ameaças contra a família!Mostra que és nossa Mãe: Pede a Jesus por todos nós!Ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Maria!Amém! ****************Oração de Consagração à Nossa Senhora
Maria, rainha do céu e da terra, filha predileta do Pai, mãe do Filho de Deus, esposa imaculada do Espírito Santo, admiro e louvo o vosso privilégio, único no mundo, pois, agradando a Deus por ser a Mãe do Salvador, vosso mestre, verdadeira luz do mundo, sabedoria incriada, fonte e primeiro apóstolo da verdade.Destes ao mundo o grande livro: a Palavra eterna, o Filho encarnado.Louvo a Santíssima Trindade por esse privilégio tão sublime e pela grande alegria que experimentastes.Alcançai-nos o dom da sabedoria celeste e a graça de que sejamos servos autênticos de Cristo, fiéis à sua Igreja e mensageiros da verdade.Fazei resplandecer em nossos corações a luz do evangelho. Dissipai de nossas vidas os erros e congregai-nos à Igreja de Cristo, para que, iluminados pela Palavra de Deus, anunciemos estas mesmas Palavras de Vida e Eternidade.Ouvi nossas preces, mãe do Bom Conselho, sede de sabedoria, rainha dos santos, e acolhei-nos, a nós em vosso materno e Imaculado Coração, hoje e em todos os dias de nossas vidas, para que se realize a plena vontade do Senhor para nós e para todos os nossos irmãos.Amém!


Oração Maria Passa na Frente

Maria passa na frente e vai abrindo estradas e caminhos.Abrindo portas e portões. Abrindo casas e corações.A Mãe vai na frente e os filhos protegidos seguem Seus passos.Maria, passa na frente e resolve tudo aquilo que não podemos resolver.Mãe, cuida de tudo o que não está ao nosso alcance.Tu tens poder para isso!Mãe, vai acalmando, serenando e tranqüilizando os corações.Termina com o ódio, os rancores, as mágoas e as maldições.Tira Teus filhos da perdição!Maria, Tu és Mãe e também a porteira. Vai abrindo o coração das pessoas e as portas pelo caminho.Maria, eu Te peço: Passa na frente!Vai conduzindo, ajudando e curando os filhos que necessitam de Ti.Ninguém foi decepcionado por Ti depois de haver-te Te invocado e pedido a Tua proteção.Só Tu, com o poder de Teu Filho, podes resolver as coisas difíceis e impossíveis.Amém!






Comente com o Facebook:


Terço da Nossa Senhora da Assunção


Inicio
Oferecimento:
Oh! Maria, Mãe querida e Nossa Senhora da Assunção, nós vos oferecemos este terço por nossa comunidade e nossa família, pedindo a Vossa proteção.
Esperamos que, ao meditarmos estes mistérios, nosso coração seja abrasado de amor por Teu Filho Jesus, nosso irmão, com o Pai, na unidade do Espírito Santo. Amém!
Creio... Pai-Nosso...Três Ave-Marias e continua-se como se segue:
Primeiro mistério:
Pai-Nosso e repetir três vezes o mistério abaixo:
Para que sejamos como os primeiros cristãos, Igreja viva, enche-nos de Teu amor capaz de ser “obediente até à morte de cruz”.
Nós vos pedimos, Senhor!
Três Ave-Marias em honra às três Pessoas da Santíssima Trindade e um Glória.
Segundo mistério:
Pai-Nosso e repetir três vezes o mistério abaixo:
Para que tenhamos mais humildade ao partilhar os dons que recebemos de Deus, fazei-nos aprender de Ti que sois “manso e humilde de coração”.
Nós vos pedimos, Senhor!
Três Ave-Marias em honra às três Pessoas da Santíssima Trindade e um Glória.
Terceiro mistério:
Pai-Nosso e repetir três vezes o mistério abaixo:
Para que não nos falte a esperança de sermos uma comunidade mais orante, nem a caridade para com os irmãos, fortalece-nos na fé.
Nós vos pedimos, Senhor!
Três Ave-Marias em honra às três Pessoas da Santíssima Trindade e um Glória.
Quarto mistério:
Pai-Nosso e repetir três vezes o mistério abaixo:
Para que tenhamos mais paciência com os irmãos que têm opiniões diferentes das nossas e aceitemos que nem sempre temos razão, ensina-nos a ser como Tu, que não vieste “para ser servido, mas para servir”.
Nós vos pedimos, Senhor!
Três Ave-Marias em honra às três Pessoas da Santíssima Trindade e um Glória.
Quinto mistério:
Pai-Nosso e repetir três vezes o mistério abaixo:
Para que possamos manter a alegria em meio às tribulações que possam atingir nossa comunidade, ensina-nos a viver na unidade, como Tu e o Pai que “são um”.
Nós vos pedimos, Senhor!
Três Ave-Marias em honra às três Pessoas da Santíssima Trindade e um Glória.
Agradecimento:
Nós Te agradecemos, Nossa Senhora da Assunção, Rainha do céu e da nossa comunidade.
Confiamos em Teu amor de Mãe que tudo providencia para seus filhos e na Tua intercessão por esta Paróquia, seu Sacerdote, os leigos engajados nas diversas Pastorais e Movimentos e em todos aqueles que aqui vêm buscar consolo ou agradecer as maravilhosas bênçãos de Deus.
Ensina-nos também a orar para que Deus estenda Sua misericórdia aos que professam fé diferente da nossa e pelos que não crêem em Teu Filho como Senhor e Salvador.
“Derrama Tuas graças, Senhora; faz mais forte esta gente que Te ergue as mãos e guarda, no Teu seio materno cada um de Teus filhos” que agora Te saúdam.
Salve Rainha...


Comente com o Facebook:


Oração à Nossa Senhora da Assunção



Ó dulcíssima soberana, Rainha dos Anjos, bem sabemos que, miseráveis pecadores, não éramos dignos de vos possuir neste vale de lágrimas, mas sabemos também que a vossa grandeza não vos faz esquecer a nossa miséria e, no meio de tanta glória, a vossa compaixão, longe de diminuir, aumenta cada vez mais para conosco.

Do alto desse trono em que reinas sobre todos os anjos e santos, volvei para nós os vossos olhos misericordiosos; vede a quantas tempestades e mil perigos estaremos, sem cessar, expostos até o fim de nossa vida! Pelos merecimentos de vossa bendita morte obtende-nos o aumento da fé, da confiança e da santa perseverança na amizade de Deus, para que possamos, um dia, ir beijar os vossos pés e unir as nossas vozes às dos espíritos celestes, para louvar e cantar as vossas glórias eternamente no céu.  Assim seja.


__________________

A solenidade da Assunção de Maria foi celebrada pela Igreja desde eras antigas. O nome da festa era Dormição de Maria. Isto é, Maria, depois de sua peregrinação neste mundo, ‘repousou no Senhor’. A celebração deste acontecimento está intimamente associada à ressurreição de Jesus. A Páscoa da Virgem traz no centro, não a Mãe, mas o Filho, para quem o olhar do fiel se deve voltar. Aquela que colaborou para a Encarnação do Filho de Deus deve participar da sua Ressurreição. Na festa da Assunção de Maria se revela aquilo que todo homem e mulher anseiam: ser acolhidos inteiramente no céu.
O dogma da Assunção de Maria, festejado a 15 de agosto, tem nomes diferentes, como Nossa Senhora da Boa Viagem, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora dos Prazeres, etc. Foi proclamado por Pio XII, em 1950, com a Bula ‘Munificentissimus Deus’, com o seguinte texto: “Definimos ser dogma divinamente revelado: que a imaculada mãe de Deus, sempre virgem Maria, cumprindo o curso de sua vida terrena, foi assunta em corpo e alma à glória eterna”.
A bíblia não fala nada a respeito do final da vida de Maria. São João mostra que ela, aos pés da cruz, foi adotada pela comunidade como mãe (Jo 19,27). Lucas nos diz que ela estava junto ao grupo que se preparava para a vinda do Espírito Santo, em Pentecostes (At 1,13s e 2,1). Então a bíblia não conta detalhes sobre o final da vida de Maria.
Nos primeiros séculos, os cristãos tinham o costume de guardar os restos mortais dos santos, especialmente dos apóstolos e mártires. Não há, porém, nenhuma notícia sobre o corpo de Maria. Os evangelhos chamados apócrifos, isto é, aqueles relatos sobre a vida de Jesus e dos atos apostólicos que não entraram na ‘lista’ dos livros que a Igreja considerou inspirados por Deus, contam histórias da chamada Dormição de Maria. E assim, no século VIII, a devoção popular criou uma história para contar como se deu a morte e a ressurreição de Maria.
O dogma da Assunção só pode ser compreendido em relação à Ressurreição de Jesus. Maria, diferente de nós, não precisou esperar o fim dos tempos para receber um corpo glorificado. Depois de sua vida terrena ela já está junto de Deus com o corpo transformado, cheio de graça e luz.
Ainda mais. Não podemos entender a Assunção como se Maria subisse ao céu com o corpo que ela possuía aqui na terra, com ossos, pele, carne, sangue. Hoje há outras maneiras de se compreender a ressurreição dos mortos. O corpo de Jesus ressuscitado e o de Maria assunta foram transformados e assumidos por Deus. O importante é a gente crer que Maria já está glorificada junto de Deus, toda inteira. Ela antecipa o que está prometido para cada um de nós: participar do banquete da Vida que o Senhor preparou para “aqueles que o amam”.
O cântico de Maria no evangelho de hoje diz que o Senhor “olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão de bem-aventurada, pois o Todo-Poderoso fez grandes coisas em meu favor… Agiu com a força de seu braço, dispersou os homens de coração orgulhoso. Depôs os poderosos de seus tronos, e a humildes exaltou”. Está aí a ação de Deus na vida de Maria, a humilde serva do Senhor, que decidiu acolher o convite de Deus para participar na obra da salvação da humanidade. Sua humildade e fidelidade ao projeto do Reino lhe valeram a participação na glória de Deus, ao lado de seu Filho. Maria é aqui figura da Igreja, que deve levar adiante, não obstante as perseguições e sua pequenez, a missão de Jesus.
O evangelho da liturgia de hoje traz dois relatos: a Visita de Maria a Isabel e o chamado ‘Cântico de Maria’. O primeiro mostra Maria como aquela que assumiu inteiramente o projeto do Pai na sua vida. Não mede esforços para prestar um serviço à sua parenta em necessidade. E no seu encontro com Isabel manifesta-se a sua fé profunda: “Feliz aquela que acreditou, pois o que lhe foi dito da parte do Senhor será cumprido”. Todo aquele que deposita sua confiança em Deus, colaborando na realização do sonho de Deus para a humanidade, é feliz. O relato manifesta também o reconhecimento por parte de Isabel de que aquele que Maria trazia no seio é o Senhor: “Donde me vem que a mãe do meu Senhor me visite?”. Maria é Mãe de Deus e bem-aventurada: “Bendita és tu entre as mulheres”.
O segundo relato é um hino inspirado no cântico de Ana (1Sm 2,1-10) que canta a ação de Deus em favor da humanidade. É um hino jubiloso que proclama a derrubada dos poderosos e a elevação dos humildes pela ação Deus em Jesus. É a oração dos pobres que confiam em Deus e no seu poder sobre o mal. Um hino que empenha o fiel nessa luta como Maria.
Quando olhamos o evangelho e vemos Maria assumindo como primeira atitude, depois de ter acolhido em seu seio o Filho de Deus, a de levar seus préstimos para a prima Isabel, somos levados a pensar em nossas atitudes. Nossa sociedade se deixa levar cada vez mais por uma atitude egoísta que coloca a criança custosa na creche  e casa de acolhida, o idoso no abrigo, o dependente químico na casa de recuperação etc. Então nossa presença junto a essas pessoas deveria ser parecida com a de Maria: escutar o ancião que quer contar um caso, visitar os casais em dificuldade de relacionamento, fazer-nos presente nos abrigos, asilos e hospitais onde se encontram pessoas passando por sofrimento e dificuldades. Para além dos gestos personalizados, um empenho também na luta por políticas públicas que atendam às necessidades dos menos favorecidos. São gestos simples que nos colocam em sintonia com o ensinamento de Jesus e com as atitudes de fidelidade de Maria, sua Mãe. A recomendação permanente do Papa Francisco é que a Igreja se coloque “em saída”. Ressurreição é essa vida nova em Cristo. Foi o que aconteceu com Maria.
A assunção de Maria foi o resultado do seu peregrinar à luz de Deus nesse mundo. Cada vez que ela ia dando novos passos para seguir a Jesus, para buscar a vontade de Deus, o Senhor ia assumindo e transformando sua pessoa. Até que chegou o momento final. É o que está reservado para nós! Na vida de fé, cada passo novo que damos corresponde, da parte de Deus, a nos acolher, tomar pela mão, assumir e transformar. A nós resta-nos deixar que Deus nos tome pela mão e nos faça discípulos fiéis, dedicados, humildes e perseverantes como Maria, enquanto aguardamos a bendita esperança da ressurreição.
Encerramos, hoje, a Semana Nacional da Família. Seria bom agradecermos a Deus pela família que temos e pedirmos a Ele a graça de trabalharmos pelas famílias em dificuldade. Uma família animada pela espiritualidade cristã traz vida e esperança para o mundo.
Nosso abraço carinhoso às pessoas consagradas nesse seu dia: deixaram tudo para viver mais radicalmente o evangelho, numa vida semelhante à do Filho de Deus: pobre, casto e obediente. Um serviço generoso ao Reino “para que todos tenham vida”. Uma vida pobre na solidariedade com os empobrecidos; uma vida obediente na solidariedade com os que não são ouvidos nem levados em conta; uma vida casta em solidariedade com os menos amados da história. Que Maria, nossa boa Mãe, nos ajude a viver com alegria nossa consagração para se transformar num “sacrifício de louvor”.
Pe. Aureliano de Moura Lima, SDN.

FONTE .
http://sacramentinos.org.br/portal/reflexao-do-evangelho-da-solenidade-da-assuncao-de-nossa-senhora/


Comentário facebook:




sábado, 20 de agosto de 2016

QUARESMA DE SÃO MIGUEL ARCANJO - ORAÇÃO COMPLETA


A Quaresma de  São Miguel Arcanjo  deve ser rezada, diariamente, entre os dias 15 de agosto e 29 de setembro, dia da Festa de São Miguel. Podendo ser rezada também em outras épocas do ano por um período de 40 dias.
Para se preparar para esta Quaresma é necessário:
* Acender uma vela abençoada diante de uma imagem ou estampa de São Miguel Arcanjo
* Oferecer uma penitência durante os 40 dias;
* Fazer o sinal da cruz;
* Rezar estas orações todos os dias:

Quaresma de São Miguel
ORAÇÃO INICIAL PARA TODOS OS DIAS
São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a satanás e aos outros espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.
Sacratíssimo Coração de Jesus, tende piedade de nós! (3x)
LADAINHA DE SÃO MIGUEL
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós. Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.
São Miguel, rogai por nós.
São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.
São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.
São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.
São Miguel, poderosíssimo príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.
São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.
São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.
São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.
São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.
São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.
São Miguel, luz dos anjos, rogai por nós.
São Miguel, baluarte dos cristãos, rogai por nós.
São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da cruz, rogai por nós.
São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.
São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.
São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.
São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.
São Miguel, consolador das almas que estão no Purgatório, rogai por nós.
São Miguel, a quem o Senhor incumbiu de receber as almas que estão no Purgatório,
São Miguel, nosso príncipe, rogai por nós.
São Miguel, nosso advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel, príncipe da Igreja de Cristo, para que sejamos dignos de Suas promessas.
Oração: Senhor Jesus, santificai-nos, por uma bênção sempre nova e concedei-nos, pela intercessão de  São Miguel, esta sabedoria que nos ensina a ajuntar riquezas do céu e a trocar os bens do tempo pelos da eternidade. Vós que viveis e reinais em todos os séculos dos séculos.
Ao final, reza-se:
Um Pai-Nosso em honra de São Gabriel.
Um Pai-Nosso em honra de São Miguel Arcanjo.
Um Pai-Nosso em honra de São Rafael.
Um Pai-Nosso em honra de Nossa Senhora Rainha dos Anjos 

Gloriosíssimo  São Miguel , chefe e príncipe dos exércitos celestes, fiel guardião das almas, vencedor dos espíritos rebeldes, amado da casa de Deus, nosso admirável guia depois de Cristo; vós, cuja excelência e virtudes são eminentíssimas, dignai-vos livrar-nos de todos os males, nós todos que recorremos a vós com confiança, e fazei pela vossa incomparável proteção, que adiantemos cada dia mais na fidelidade em servir a Deus.
V. Rogai por nós, ó bem-aventurado São Miguel, príncipe da Igreja de Cristo.
R. Para que sejamos dignos de Suas promessas.

Oração: Deus, todo poderoso e eterno, que por um prodígio de bondade e misericórdia para a salvação dos homens, escolhestes para príncipe de Vossa Igreja o gloriosíssimo Arcanjo São Miguel, tornai-nos dignos, nós vo-lo pedimos, de sermos preservados de todos os nossos inimigos, a fim de que na hora da nossa morte nenhum deles nos possa inquietar, mas que nos seja dado de sermos introduzidos por ele na presença da Vossa poderosa e augusta Majestade, pelos merecimentos de Jesus Cristo, Nosso Senhor.
Consagração a São Miguel Arcanjo
Ó Príncipe nobilíssimo dos Anjos, valoroso guerreiro do Altíssimo, zeloso defensor da glória do Senhor, terror dos espíritos rebeldes, amor e delícia de todos os Anjos justos, meu diletíssimo Arcanjo  São Miguel, desejando eu fazer parte do número dos vossos devotos e servos, a vós hoje me consagro, me dou e me ofereço e ponho-me a mim próprio, a minha família e tudo o que me pertence, debaixo da vossa poderosíssima proteção. É pequena a oferta do meu serviço, sendo como sou um miserável pecador, mas vós engrandecereis o afeto do meu coração; recordai-vos que de hoje em diante estou debaixo do vosso sustento e deveis assistir-me em toda a minha vida e obter-me o perdão dos meus muitos e graves pecados, a graça da amar a Deus de todo coração, ao meu querido Salvador Jesus Cristo e a minha Mãe Maria Santíssima, obtende-me aqueles auxílios que me são necessários para obter a coroa da eterna glória. Defendei-me dos inimigos da alma, especialmente na hora da morte. Vinde, ó príncipe gloriosíssimo, assistir-me na última luta e com a vossa arma poderosa lançai para longe, precipitando nos abismos do inferno, aquele anjo quebrador de promessas e soberbo que um dia prostrastes no combate no Céu.
São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate para que não pereçamos no supremo juízo.

_______________

O PENSAMENTO DA IGREJA SOBRE SÃO MIGUEL
Desfraldai o estandarte do ilustre Arcanjo, repeti o seu grito: "Quem é como DEUS?" (Pio Xll em 8 de maio de 1940). O pensamento da Igreja, a família de DEUS, no Novo Testamento, acerca da ação de São Miguel em serviço deste POVO, como encarregado do Altíssimo para defendê-la e guardá-la, está bem patente na liturgia universal segundo aquela norma consagrada: "LEX ORANDI, LEX CREDENDI", isto é, a lei que rege a oração oficial da Igreja, aprovada pelo Sumo Pontífice, é a lei que rege a nossa crença.
A Igreja, ao estabelecer uma festa litúrgica com Missa e ofícios próprios para todo o mundo cristão, não nos pode enganar em matéria de fé. Os Soberanos Pontífices, quando nas suas cartas encíclicas nos falam deste ou daquele assunto relacionado com a fé e a moral cristãs, devem também ser escutados e seguidos, pois são o eco do pensar de toda a tradição apostólica, dos padres e doutores da mesma Igreja, que interpretam com a assistência divina as Sagradas Escrituras; o mesmo se deve dizer das orações para a Igreja universal aprovadas pela competente autoridade eclesiástica.
Além de outros documentos sobre São Miguel, dos Papas antigos, Sua Santidade João Paulo II, na sua visita de 24 de maio de 1987 ao Santuário de São Miguel, no Monte Gargano, na Itália, fez um discurso. Não é uma encíclica, mas mostra-nos o pensar da Igreja sobre a atualidade do culto ao Príncipe e grande Chefe dos Anjos, no mundo de hoje.
Após o encontro com a população, João Paulo II realizou uma breve visita ao Santuário de São Miguel Arcanjo, templo ali construído para recordar as 4 aparições de São Miguel numa gruta da localidade, nos anos 490, 492, 493 e 1656.
Sua Santidade João Paulo II faz eco neste discurso daquilo que os últimos Pontífices têm dito ao povo cristão, para que recorra a São Miguel nesta luta tremenda entre as forças do bem e do mal, chefiadas respectivamente pelo glorioso Arcanjo chefe dos exércitos do DEUS Altíssimo e por satanás, chefe dos demônios, os anjos caídos. O triunfo final e completo será de São Miguel com os seus Anjos, como dizem as Escrituras santas, que pelejaram contra o dragão, o derrotado, e os seus seguidores, precipitando-os para sempre nos abismos infernais.
Sua Santidade Pio IX, de gloriosa memória, escreveu: "São Miguel é quem tem maior capacidade para exterminar as forças malditas, filhas de satanás, que juraram a ruína da sociedade cristã".
Sua Santidade S. Pio X, disse em 18 de setembro de 1903: "DEUS, na primeira luta, venceu, servindo-se do Arcanjo São Miguel; devemos, portanto, acreditar firmemente que a luta atual terminará triunfante e também, como outrora, com o socorro e ajuda deste Arcanjo bendito".
Foi por estar convencido da realidade desta terrível luta final, que o predecessor de S. Pio X, o grande Papa Leão XIII, mandou que obrigatoriamente no fim de todas as Missas rezadas, os sacerdotes rezassem a oração a São Miguel que ele mesmo compôs e fez publicar com a data de 29 de setembro de 1891. Esta oração já não é obrigatória no final da Missa, com as novas reformas litúrgicas, mas não está proibida e pode ser rezada em outras ocasiões, em público e em particular. Muitos sacerdotes e simples fiéis tomaram a iniciativa de rezá-la no final do terço, no fim do Angelus, etc. É muito louvável este costume.
A imprensa mundial tem relatado nestes últimos anos, o segredo até há pouco tempo oculto que motivou o mandato de Sua Santidade Leão XIII para a reza oficial a São Miguel Arcanjo: o Papa, quando dava a sua ação de graças na Missa, viu, em determinado dia, a Terra ser inundada por nuvens sombrias de espíritos infernais. Teria ouvido mesmo a discórdia entre satanás com JESUS CRISTO, dizendo que lhe desse mais tempo e ele destruiria a sua Igreja. - Terás o tempo que pedes, depois faremos as contas, respondeu JESUS. Leão XIII, iluminado por DEUS, compreendeu que era a São Miguel que o SENHOR havia reservado a honra de precipitar novamente no abismo a satanás e aos outros espíritos malignos.
A oração composta por Sua Santidade anda ainda de boca em boca e é rezada por milhões e milhões de cristãos em cada dia: "São Miguel Arcanjo protegei-nos neste combate, cobri-nos com o vosso escudo contra as mentiras e ciladas do demônio. Ordene-lhe DEUS, instantemente o pedimos a vós, Príncipe da Milícia Celeste, pelo divino poder, precipitai no Inferno a satanás e a todos os espíritos malignos que andam no Mundo para perdição das almas. Amém".
O mesmo Pontífice compôs, ainda, um exorcismo contra satanás e os anjos rebeldes, que tem o seu nome - Exorcismo de Leão XIII. Ele nos mostra a ação nefasta do maligno nos nossos dias e como é necessário recorrer à poderosa intercessão da Virgem Maria e de São Miguel no ataque contra as forças do mal, quer se trate de males físicos, quer se trate de males da alma.
Inimigo dos homens, satanás tem inveja deles e mesmo quando parece ajudá-los favorecendo lhes uma vida de dinheiro, sensualidade e sorte, é sempre tendo em mira a sua condenação eterna.
Sua Santidade Pio XI recomendou que se pedisse a DEUS, por intercessão de São Miguel, a conversão da Rússia.
O Papa Pio XII, conhecido como Pastor Angélico, proclamou, em 8 de maio de 1940, que "era urgente hoje, mais do que nunca, recorrer à proteção de São Miguel, lembrando que ele é o protetor e o defensor da igreja e dos fiéis, o guardião do Paraíso, o apresentador das almas junto de DEUS, o Anjo da Paz e o vencedor de satanás". E no dia 8 de maio de 1945, fez novamente este apelo: "Soltai o estandarte do ilustre Arcanjo, repeti o seu grito: Quem é como DEUS?" E perante as ofensivas maçônicas, o ilustre Pontífice designou São Miguel como o modelo e o protetor da Ação Católica.
Perante tais exemplos e apelos vindos de tão alto, recorramos a São Miguel cheios de confiança.
  


Comentário facebook:




Quaresma de São Miguel Arcanjo - Oração de proteção



com muita devoção e fé :

Poderoso  São Miguel Arcanjo, crava tua espada na estrada da minha vida e ilumina meu caminho. Que minha luz ofusque os olhos da inveja e queime a língua das calúnia. Que tua força seja a minha força na hora da batalha. Que meu trabalho renda muitos frutos e eu o faça por merecer. Que tua Glória seja eterna ao lado do Criador e eu nunca esqueça que a minha frente, ao meu lado a tua proteção é infinita. Que eu seja por ti abençoado a ponto de levar a tua graça aos meus familiares e amigos que eu amo. São Miguel Arcanjo defendei-nos no combate. Amém. 

 Ao acender a vela do seu altar repita em voz alta : "Que essa luz ilumine toda escuridão , pela intercessão de São Miguel Arcanjo , e que desapareçam todos os meus inimigos visíveis e invisíveis . Que a luz se faça agora .Que a luz se faça agora .Que a luz se faça agora .
 Quaresma de São Miguel 
ORAÇÃO INICIAL
“São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a satanás e aos outros espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas”. Amém.
 “Rogai por nós, santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém”.
 LADAINHA DE SÃO MIGUEL
 Senhor, tende piedade de nós.
 Jesus Cristo, tende piedade de nós.
 Senhor, tende piedade de nós.
 Jesus Cristo, ouvi-nos.
 Jesus Cristo, atendei-nos.
 Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.
 Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
 Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
 Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.
 Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.
 São Miguel, rogai por nós.
 São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.
 São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.
 São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.
 São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.
 São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.
 São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.
 São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.
 São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.
 São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.
 São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.
 São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós. [www.arcanjomiguel.net]
 São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.
 São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.
 São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.
 São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.
 São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.
 São Miguel, consolador das almas que estão no Purgatório, rogai por nós.
 São Miguel, a quem o Senhor incumbiu de receber as almas que estão no Purgatório, rogai por nós.
 São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.
 São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós. Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.
 Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.
 Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.
 Rogai por nós, ó glorioso São Miguel, Príncipe da Igreja de Cristo,
 para que sejamos dignos de Suas promessas. Amém.
 Oração:
Senhor Jesus, santificai-nos, por uma bênção sempre nova, e concedei-nos, pela intercessão de São Miguel, esta sabedoria que nos ensina a ajuntar riquezas do Céu e a trocar os bens do tempo pelos da eternidade. Vós que viveis e reinais em todos os séculos dos séculos. Amém.
 Consagração a São Miguel Arcanjo
Ó Príncipe nobilíssimo dos Anjos, valoroso guerreiro do Altíssimo, zeloso defensor da glória do Senhor, terror dos espíritos rebeldes, amor e delícia de todos os Anjos justos, meu diletíssimo Arcanjo  São Miguel , desejando eu fazer parte do número dos vossos devotos e servos, a vós hoje me consagro, me dou e me ofereço e ponho-me a mim próprio, a minha família e tudo o que me pertence, debaixo da vossa poderosíssima proteção.É pequena a oferta do meu serviço, sendo como sou um miserável pecador, mas vós engrandecereis o afeto do meu coração; recordai-vos que de hoje em diante estou debaixo do vosso sustento e deveis assistir-me em toda a minha vida e obter-me o perdão dos meus muitos e graves pecados, a graça da amar a Deus de todo coração, ao meu querido Salvador Jesus Cristo e a minha Mãe Maria Santíssima, obtende-me aqueles auxílios que me são necessários para obter a coroa da eterna glória.Defendei-me dos inimigos da alma, especialmente na hora da morte. Vinde, ó príncipe gloriosíssimo, assistir-me na última luta e com a vossa alma poderosa lançai para longe, precipitando nos abismos do inferno, aquele anjo quebrador de promessas e soberbo que um dia prostrastes no combate no Céu.São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate para que não pereçamos no supremo juízo.
 Amém.
 'Tudo pode ser mudado pela força da oração.'

  _____________


A História da Quarentena de São Miguel Arcanjo.
A quaresma de São Miguel Arcanjo começou com São Francisco que era devoto do Arcanjo, São Francisco sentia o desejo de experimentar no corpo e na alma a Paixão de Cristo sua dor e também o imenso amor por se entregar ao imenso sofrimento por nós.
No ano de 1224, realizou a primeira quaresma de jejum e oração no Monte Alverne, local deserto, distante, próprio para oração. São Francisco disse: "Para honra de Deus, da bem-aventurada Virgem Maria e de São Miguel Arcanjo, príncipe dos anjos e das almas, quero fazer aqui uma quaresma".
No dia 17 de setembro, durante a quaresma, enquanto estava em oração, teve a visão de um serafim, o qual logo se aproximou, este tinha seis asas de fogo, e também estava crucificado, mãos e pés estendidos e amarrados numa cruz. Duas asas elevavam-se por cima de sua cabeça, duas outras estavam abertas para o vôo, as duas últimas cobriam-lhe o corpo. E através desta visão Francisco pode compreender melhor o verdadeiro sentido da Paixão.
Quando chegou a Festa em honra a São Miguel Arcanjo, Francisco desceu o Monte Alverner, este trazia nos pés e mãos os estigmas de Jesus, e como achava-se indigno de se tornar igual a Jesus que ficou em total jejum, no final daqueles dias bebeu água e comeu um pedaço de pão.
Fonte: pelafe.net
( * importante a quaresma ou novena pode ser realizada a partir de qualquer data do ano, sendo agosto a setembro um momento especial ) 
Fonte: http://www.arcanjomiguel.net

VISITE: www.arcanjomiguel.netVISITE .. >>>> .www.arcanjomiguel.netVISITE: www.arcanjomiguel.netVISITE: www.arcanjomiguel.netVISITE: www.arcanjomiguel.net

Comentário: